Início O cão de gadoManual de criaçãoA conservação do LoboVantagens do Cão de GadoOutros métodos de protecção

Noticias
Eventos
Divulgação
Bibliografia
Os nossos cães
Projectos
Legislação
Colaboradores
Apoios
Ligações
Contactos
Voltar à página do Grupo Lobo

2012

Participação na 23ª Exposição Monográfica do Cão de Castro Laboreiro
27 Outubro 2012

A presença de cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro, integrados no Programa Cão de Gado, na Exposição Monográfica da raça é já uma tradição há vários anos. Esta exposição, organizada pelo Clube do Cão de Castro Laboreiro, em colaboração com a ARDAL e a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez decorreu a 27 de Outubro na Porta do Mezio do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Estiveram presentes 22 exemplares da raça, julgado pelo Juiz João de Paula Bessa, entre os quais a Cresteja (CorçaGL) (na foto), uma fêmea jovem integrada num rebanho de cabras nas serras da região, que foi considerada a melhor Júnior, tendo obtido o CCJ.
Estiveram ainda presentes mais 3 exemplares provenientes ou descendentes de cães do Programa Cão de Gado, tendo sido todos considerados Excelentes. O macho (CerdedoGLII) ficou classificado em 2º lugar na Classe Aberta, obtendo a RCAC-QC, uma fêmea (Guadiana-I) ficou classificada em 2º lugar na Classe Intermédia e outra (IberiaGL) em 4º lugar na Classe Aberta, a classe com maior número de exemplares.

Noite Europeia dos Investigadores junta pastores, canicultores e biólogos
28 Setembro 2012

Em mais uma iniciativa da Noite Europeia dos Investigadores o Grupo Lobo pretendeu reunir diferentes vozes, num debate aberto de discussão de ideias, representativas dos mais variados grupos de interesses: desde biólogos que trabalham na conservação do lobo há várias décadas; passando por canicultores interessados na temática e na conservação das raças caninas nacionais; até pastores que nesta noite desceram da Serra da Estrela e vieram até ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico. Desde o confronto de ideias e de histórias sobre lobos até à situação economica e social nacional, todos os temas foram bem vindos, numa noite inesquecível que se prolongou até às primeiras horas da madrugada.

Presença no Chocalhos 2012 – Festival dos Caminhos da Transumância
16 Setembro 2012

Uma exposição sobre o lobo e o Programa Cão de Gado esteve em exibição no Chocalhos - Festival dos Caminhos da Transumância. Este festival, a que o Grupo Lobo se associa novamente, pretende evocar o vasto património pastoril conjugando diversas iniciativas, desde passeios pedestres pela antiga rota da transumância, a concertos com raízes namúsica pastoril e a mostras de produtos locais. Organizado pela Câmara Municipal do Fundão e pela Junta de Freguesia de Alpedrinha, vai já na sua 11ª edição e com um número crescente de participantes, decorreu de 14 a 16 de Setembro nas ruas de Alpedrinha.

Análise genealógica do núcleo de Cães de Castro Laboreiro revela um grupo saudável
15 Setembro 2012

A gestão adequada de uma raça ou de um núcleo de exemplares, deve ser baseada em parâmetros demográficos e genéticos. O estudo destes parâmetros com base em dados genealógicos, apesar de ser ainda pouco frequente nas raças caninas, é uma ferramenta muito útil na gestão de populações ou de núcleos populacionais. Pretendendo avaliar a evolução e o estado actual do núcleo de Cães de Castro Laboreiro constituído pelo Grupo Lobo, no âmbito do Programa Cão de Gado, foi desenvolvido um estudo em colaboração com o Clube do Cão de Castro Laboreiro e o Laboratório de Genética Aplicada, do Centro de Biologia Ambiental da Faculdade de Ciências de Lisboa. A análise dos resultados, que tiveram por base 168 animais, revelou uma população geneticamente saudável, que traduz os cuidados tidos na sua selecção e gestão. Confirmou ainda a importância deste núcleo para a preservação do Cão de Castro Laboreiro, em virtude de possuir uma elevada diversidade genética, contribuir eficazmente para aumentar o efectivo populacional da raça e promover a selecção de indivíduos com base em critérios de funcionalidade.
Os resultados foram apresentados no VIII Congresso Ibérico de Recursos Genéticos Animais, organizado pela Sociedade Portuguesa de Recursos Genéticos Animais, que decorreu em Évora, de 13 a 15 de Setembro.

Para ver o poster clique em: Poster

Participação no CARRANCAS - 1º Acampamento de Trabalho com Cães de Proteção de Rebanhos
02 Setembro 2012

A equipa do Programa Cão de Gado foi convidada para delinear e desenvolver uma série de testes com o objectivo de identificar e avaliar as características comportamentais específicas dos cães de gado, características essas que são essenciais à sua função original – a protecção dos rebanhos. Os testes foram realizados durante o CARRANCAS 2012, o primeiro acampamento de trabalho com cães de protecção de rebanhos, organizado pelo Canil d’Alpetratínia, que teve lugar de 1-2 de Setembro, no Monte Visconde do Alcaide (Fundão).
Os 13 cães participantes, pertencentes à raça Cão da Serra da Estrela, essencialmente da variedade de pelo comprido, foram sujeitos a uma série de 13 testes sequenciais para avaliação do temperamento e de 1 teste final de interacção com ovelhas. Os proprietários foram ainda convidados a responder a uma série de questões que pretenderam recolher dados demográficos e outros relativos à história do cão e ainda caracterizar a relação dos donos com os cães. Os dados serão analisados em colaboração com o Departamento de Ciências do Comportamento do ICBAS-UP e apresentados futuramente.

Reveja a notícia televisiva em: http://sicnoticias.sapo.pt/vida/2012/09/02/comportamento-de-caes-serra-da-estrela-perante-varios-cenarios1

Projecto LIFE permite expandir o Programa Cão de Gado para as Beiras
01 Setembro 2012

Teve início em Setembro o novo projecto LIFE, intitulado Melhores acções práticas para a conservação do lobo em áreas tipicamente Mediterrânicas, que pretende promover a presença estável do lobo em áreas rurais na Europa Ocidental Mediterrânea, onde os hábitos culturais de coexistência se perderem, através da redução dos conflitos com as actividades humanas. Este projecto, cujo acrónimo é MED-WOLF, tem a duração de 4 anos e meio e irá intervir em particular nos Distritos da Guarda e de Castelo Branco. As principais acções a desenvolver incluem a monitorização do lobo, estudos de potencialidade de habitat para esta espécie, estudos de atitudes públicas, acções de prevenção do furtivismo e da utilização ilegal de venenos, acções de comunicação (formação, sensibilização e divulgação) sobre o lobo, e a promoção de medidas de protecção do gado (cães de gado, vedações eléctricas e convencionais) que contribuam para prevenir ou minimizar o impacto predatório do lobo sobre o animais domésticos. Estão envolvidas diversas entidades Portuguesas e Italianas, sendo o Grupo Lobo responsável pela coordenação nacional.

Programa Cão de Gado em destaque em reportagem da SIC
27 Agosto 2012

Esta reportagem alargada teve como mote o despovoamento crescente das aldeias serranas portuguesas e o eventual regresso de alguns animais silvestres, como o corço, presa natural do lobo, que poderá propiciar o regresso deste predador a algumas regiões do país de onde foi extinto ou onde a sua população é reduzida. Nesta lógica, o fomento da utilização de cães de gado como medida de protrecção dos rebanhos ainda existentes nas serras, como tem sido desenvolvido pelo Grupo Lobo através do Programa Cão de Gado, é uma medida bastante prática que contribui de forma eficaz para uma coexistência mais pacífica entre as comunidades rurais e o lobo.

Reveja a reportagem em: http://sicnoticias.sapo.pt/vida/2012/07/26/reportagem-o-regresso-dos-bichos1

2011

Cães de Gado também são Estrelas da CÃOstelação
20 Novembro 2011

Alguns Cães da Serra da Estrela da variedade de pelo curto, inseridos no Programa Cão de Gado, foram fotografados por Carlos Pimentel para a CÃOstelação - Exposição de Fotografia sobre o Cão da Serra da Estrela. Esta exposição, da responsabilidade do Canil d’Alpetratínia e que contou com o apoio do Grupo Lobo, pretende divulgar as várias vertentes funcionais e aptidões da raça, desde a protecção de gado até à guarda e companhia, focando em particular o trabalho daquele Canil.
A inauguração da Exposição, integrada no Chocalhos 2011, teve lugar dia 28 de Agosto no Palácio do Picadeiro, em Alpedrinha.No seu périplo pelo país, a exposição passou também pelo Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, em cuja inauguração, a 20 de Novembro, esteve presente uma outra Estrelinha - uma cachorrinha com apenas 2 meses de idade que fez as delícias dos presentes.

Cães de Gado também são Estrelas da CÃOstelação
20 Novembro 2011

Em mais um passeio organizado pelo Grupo Lobo, em colaboração com o Clube do Cão de Castro Laboreiro, e desenvolvido pela Montes de Encanto, desta vez em Terras de Aguiar, foi possível acompanhar um rebanho de cabras e ovelhas, bem protegidas por um casal de Cães de Castro Laboreiro. O passeio, que teve lugar no fim-de-semana de 19-20 de Novembro, incluiu ainda a visita aos monumentos romanos na região (ponte, calçada, fonte) e ao Parque Arqueológico de Tresminas, com descida às minas romanas, terminando com um magusto tradicional.
O Programa Biosfera (RTP2) realizou uma reportagem que focou a contribuição das actividades de ecoturismo para a conservação do lobo, através da valorização das tradições e das paisagens associadas a este predador, tendo focado também o Programa Cão de Gado.

Participação em Exposições Caninas em Arcos de Valdevez
30 Outubro 2011

Como no ano anterior, a participação do Tija (PinhoGL), um cão de gado da raça Cão de Castro Laboreiro, integrado num rebanho de cabras no âmbito Programa Cão de Gado, nas Exposições Caninas de Arcos de Valdevez, organizadas pela ARDAL e pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, foi um sucesso. Agora mais velho e mais habituado a estas andanças, o Tija foi considerado pela Juiza eslovena, Katrin Lahi, o melhor macho e melhor exemplar da raça, tendo obtido o CAC na 2ª Exposição Canina Especializada de Raças Portuguesas, que decorreu a 29 de Outubro. Na 4ª Exposição Canina Nacional de Arcos de Valdevez, que teve lugar no dia seguinte, o Tija foi novamente considerado Excelente pelo Juiz Ricardo Pereira Leite, tendo obtido o CAC.

Presença no Encontro de Pastores em Alpedrinha
27 Agosto 2011

Todos os eventos relacionados com a pastorícia despertam o natural interesse do Grupo Lobo, que naturalmente considera que a conservação do lobo apenas se consegue com o envolvimento de todos os interlocutores que integram o ecossistema actual do lobo em Portugal. Neste sentido, o diálogo com a comunidades de pastores é fundamental, em virtude da dependência alimentar dos lobos pelos animais domésticos, devido à escassez das suas presas naturais (cervídeos).
Por este motivo, o Grupo Lobo não podia deixar de estar presente nesta primeira edição do Encontro de Pastores, que teve lugar a 27 de Agosto em Alpedrinha. Nesta iniciativa do Canil d’Alpetratínia, em colaboração com a Fundão Turismo e a Freguesia de Alpedrinha, e integrada no Chocalhos 2011 - Festival de Caminhos de Transumância, estiveram presentes diversos pastores e canicultores. Durante o Encontro foi possível a realização de exames de admissão ao LOP a vários exemplares de Cães da Serra da Estrela pertencentes aos pastores.

Participação em Tertúlia na aldeia de Covas do Monte
23 Julho 2011

A convite dos organizadores, dois investigadores do Grupo Lobo participaram na Tertúlia na Aldeia, inserida no Festival Vozes de Magaio, organizado pela Associação Aldeias de Magaio e Binaural/Nodar, que teve lugar na Serra da Arada no dia 23 de Julho. Na Tertúlia, destinada a pastores, habitantes locais e visitantes, foi discutida a presença do lobo na região, esclarecidos alguns mitos sobre a bio-ecologia deste predador, bem como os impactos no gado e ainda feita uma breve apresentação do Programa Cão de Gado. Em consequência desta apresentação, alguns pastores mostraram interesse nos cães de gado, tendo sido discutida a possibilidade de integrar cães no rebanho comunitário da aldeia por forma a diminuir os elevados prejuízos causados pelo lobo, em virtude da sua protecção ainda deficiente. Tratou-se de uma iniciativa bem sucedida de divulgação, através de uma aproximação directa aos habitantes locais e que resultou numa colaboração futura.

Participação na Exposição de Raças Portuguesas Comemorativa do Dia de Portugal
10 Junho 2011

A participação em exposições caninas, com cães integrados no Programa Cão de Gado, visa dar a conhecer os exemplares aos restantes canicultores, para além de divulgar os cães de gado e as raças nacionais ao público em geral. Foi com esses objectivos que o Grupo Lobo participou na IX Exposição Canina Especializada de Raças Portuguesas Comemorativa do Dia de Portugal, que decorreu em Santarém no dia 10 de Junho, desta feita com dois cachorros Cão de Castro Laboreiro, ambos integrados em rebanhos de ovelhas e cabras nas regiões de Montalegre e Vila Pouca de Aguiar. O Rambo (Sado-I) e a Laica (Guadiana-II) (na foto), que entraram na classe de bebés, obtiveram a classificação de Muito Bom, apesar da dificuldade de habituação à trela.

Pelos trilhos da pastorícia na Serra da Cabreira
29 Maio 2011

Pelos trilhos da pastorícia, em terras de lobos e de cabreiros, foi o tema deste passeio na Serra da Cabreira, organizado pelo Grupo Lobo e pelo Clube do Cão de Castro Laboreiro, e desenvolvido pela Montes de Encanto. Como habitualmente, os passeios têm início com o acompanhamento de um rebanho, vigiado por um pastor e guardado por cães de gado, integrados no âmbito do Programa Cão de Gado. No primeiro dia do passeio, um dia quente de Primavera, os cães de serviço foram 2 bonitos machos da raça Cão de Castro Laboreiro. O passeio incluiu ainda visitas a um Fojo do lobo e ao Ecomuseu do Barroso, e naturalmente, refeições recheadas da gastronomia local.

Participação na Monográfica do Cão da Serra da Estrela
01 Maio 2011

Conjugar beleza e funcionalidade é algo bastante desejável nas nossas raças de cães de gado. Os cães integrados no Programa Cão de Gado são frequentemente muito bem avaliados nas exposições caninas. Foi o que voltou a acontecer na XXI Exposição Canina Monográfica do Cão da Serra da Estrela, que decorreu na Covilhã a 1 de Maio, onde estiveram presentes 3 exemplares da variedade de pelo curto integrados em rebanhos de ovelhas na região de Pinhel e de Trancoso. O Farrusco (JavesGL) obteve a classificação de Excelente, em classe aberta, e o Piloto (Teijo do Viveiro da Fonte Santa) (na foto) a de Muito Bom na classe de bebé, enquanto a Farrusca (MarofaGL), que concorreu na classe intermédia, obteve um excelente e o CAC-QC, também por apresentar uma expressão muito típica da raça.

Apresentação do Programa Cão de Gado no Congresso do Cão da Serra da Estrela 30 Abril 2011

A convite da Associação Portuguesa do Cão da Serra da Estrela, a co-responsável pelo desenvolvimento do Programa Cão de Gado apresentou no I Congresso Internacional do Cão da Serra da Estrela, uma palestra intitulada “O Cão da Serra da Estrela: Aspectos Funcionais”. Esta palestra foi muito bem recebida e pretendeu apresentar o Programa Cão de Gado, os principais resultados e os impactos bastante positivos deste programa, com particular destaque para os dados referentes aos exemplares de Cão da Serra da Estrela. No Congresso, que aconteceu  30 de Abril nas Penhas da Saúde, em plena Serra da Estrela, estiveram presentes diversos canicultores, pastores e outros proprietários de exemplares da raça, bem como representantes de Clubes da raça no estrangeiro.

Bióloga do Programa Cão de Gado galardoada no Prémio "Terre de Femmes"
22 Fevereiro 2011

 

 

 

 

 

 

 

 

 


A bióloga Silvia Ribeiro foi galardoada com o 2º lugar no Prémio Terre de Femmes 2011, um justo reconhecimento ao empenho e trabalho que tem desenvolvido no Programa Cão de Gado, iniciado em 1996 pelo Grupo Lobo. Este Programa tem por objectivo fomentar a utilização de métodos de protecção do gado, socialmente aceites e ambientalmente sustentáveis, que permitam a redução dos prejuízos causados pelos lobos nos animais domésticos e, desta forma, o aumento da tolerância das comunidades rurais para a presença deste predador ameaçado. A principal acção consiste na entrega de cães de gado de raças nacionais – cães seleccionados para proteger os rebanhos – a criadores de gado que deles necessitem. Não se limitando a entregar os cães, o Programa introduz duas componentes fundamentais, o acompanhamento do desenvolvimento e do bem-estar dos animais, através de visitas regulares, prestando apoio técnico e veterinário sempre que necessário, bem como a avaliação final do seu desempenho. Pretende-se assim assegurar a eficácia dos cães e a protecção adequada dos rebanhos, contribuindo para a redução dos conflitos existentes entre as comunidades rurais e o lobo. No âmbito deste projecto foram já entregues, acompanhados e avaliados mais de 250 cães integrados em rebanhos no Norte e Centro de Portugal. O projecto em causa é considerado um sucesso a nível nacional e internacional e tem contribuído para demonstrar que a coexistência com o lobo é possível.

Proposto pela Fundação Yves Rocher o Prémio Terre de Femmes tem como principal objectivo premiar mulheres empreendedoras na área do ambiente e que tenham desenvolvido projectos que contribuam para a sustentabilidade ambiental. O Prémio Terre de Femmes é organizado em 15 países, incluindo Portugal, homenageando as mulheres eco-cidadãs na Europa.

2010

Cães de Gado em evidência na TV das Universidades
17 Novembro 2010

CCL-5 

Após presença em vários programas em rádios nacionais e na RTP, o Programa Cão de Gado  esteve em evidência no Canal UP - Universidades e Politécnicos, no programa Muito à Frente. A reportagem, que surge na sequência da atribuição do Prémio BES  Biodiversidade, inclui uma entrevista a Silvia Ribeiro, co-responsável pelo desenvolvimento do Programa e a um criador de gado participante no mesmo, que falam sobre os ataques do lobo aos rebanhos, da integração, acompanhamento e actuação dos cães de gado, e da sua eficácia na diminuição dos prejuízos e na consequente conservação do lobo. Inclui ainda imagens da integração de uma nova cachorra no rebanho e dos dois Cães de Castro Laboreiro adultos previamente integrados, o Corisco e a Fusca (na foto), acompanhando o rebanho durante o pastoreio no monte.

Reveja em: http://www.canalup.tv/?menu=vp&id_video=2462#default

Participação em Exposições Caninas em Arcos de Valdevez
23-24 Outubro 2010

 

A divulgação do Cão de Castro Laboreiro, nomeadamente dos exemplares integrados em rebanhos, é também um dos objectivos do Programa Cão de Gado do Grupo Lobo, o qual motivou a participação de alguns dos exemplares presentes na Monográfica também na 1ª Exposição Canina Especializada de Raças Portuguesas de Arcos de Valdevez, que decorreu a 23 de Outubro, e na 3ª Exposição Canina Nacional de Arcos de Valdevez, que teve lugar no dia seguinte, ambas organizadas pela ARDAL e pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.
O Tija (PinhoGL) (na foto), cachorro integrado num rebanho de cabras nas serras perto de Arcos de Valdevez, foi novamente considerado o melhor cachorro da raça e na Especializada de Raças Portuguesas, mais uma vez comprovando que é possível conciliar beleza com funcionalidade.

Participação na 21ª Monográfica do Cão de Castro Laboreiro
23 Outubro 2010

Como habitualmente, alguns exemplares de cães de gado, integrados em rebanhos pelo Grupo Lobo, estiveram presentes na Exposição Monográfica da raça, que decorreu no dia 23 de Outubro em Arcos de Valdevez, tendo sido organizada pelo Clube do Cão de Castro Laboreiro com o apoio da Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima (ARDAL) e da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.
Os quatro cães participantes, 2 cachorros, um macho juvenil e um adulto, foram integrados pelo Grupo Lobo em rebanhos de cabras na região de Boticas, Ribeira de Pena, Terras de Bouro e Arcos de Valdevez.
O Bobi (CR da Boralheda da Trofa) (na foto) foi considerado o melhor júnior macho e o Leão (Aquiles) ficou em 2º na classe aberta, tendo ambos sido considerados excelentes. O casal de cachorros, com menor experiência em exposições, em particular a fêmea, Filó (PadrelaGL), foram considerados Muito Bons, tendo o macho, Tija (PinhoGL), sido considerado o melhor cachorro da raça.
De referir ainda a presença de mais 5 exemplares, descendentes directos ou de segunda geração de cães de gado integrados pelo Grupo Lobo, um deles já campeão nacional, tendo dois deles sido considerados os melhores exemplares da Exposição.

CãoMinhada - Apresentação do Livro Cães de Gado
23 Outubro 2010

 
© Joaquim Pedro Ferreira

O livro Cães de Gado foi também apresentado na região do Alentejo, durante uma “CãoMinhada” realizada no dia 23 de Outubro, em Castro Verde. Neste um passeio, organizado em colaboração com a Liga para  Protecção da Natureza, alguns dos participantes fizeram-se acompanhar pelos seus amigos caninos. Estiveram presentes 4 cães, entre os quais 2 fêmeas Rafeiro do Alentejo.

Programa Cão de Gado em evidência no Biosfera
22 Agosto 2010

A atribuição do Prémio BES Biodiversidade ao Grupo Lobo, distinguindo o trabalho desenvolvido no Programa Cão de Gado, propiciou uma reportagem no programa Biosfera, da RTP2, no dia 22 de Agosto. A reportagem mostra alguns cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro integrados pelo Grupo Lobo em rebanhos na serra do Alvão, com destaque para o Bobi (na foto), um macho juvenil que todos os dias acompanha as suas cabras para o monte. O seu dono, um dos criadores de gado que participam no Programa Cão de Gado, e a investigadora co-responsável pelo seu desenvolvimento, Silvia Ribeiro, são também entrevistados, partilhando a sua experiência e explicando o porquê do sucesso destes cães.

Reveja em:
http://arquivo.faroldeideias.com/arquivo_farol/index.php?programa=Biosfera&id=892

Cães de Gado em relevo na Antena 1
18 Julho 2010

 

Ainda a propósito da atribuição do Prémio BES Biodiversidade e do lançamento do livro Cães de Gado, os autores do livro e o Presidente do Grupo Lobo foram entrevistados pela jornalista Eduarda Freitas para o programa Os Dias do Futuro, da Antena 1, emitido no dia 18 de Julho. Foi ainda entrevistado um criador de gado que possui um casal de Cães de Castro Laboreiro no seu rebanho de cabras, a Zembra e o Tronco, integrados no âmbito do Programa Cão de Gado, do Grupo Lobo, distinguido pelo referido Prémio e que esteve na génese da edição do livro.

Ouça aqui a reportagem.

Livro Cão de Gado em destaque na TSF
07 Julho 2010


A propósito do lançamento do livro Cães de Gado, a jornalista Inês Santos falou com os autores, Paulo Caetano, Silvia Ribeiro e Joaquim Pedro Ferreira, e deslocou-se até Cabeceiras de Basto para entrevistar um pastor e conhecer melhor o trabalho dos seus dois Cães de Castro Laboreiro, o Pastor e o Tigre, integrados num rebanho de cabras no âmbito do Programa Cão de Gado, do Grupo Lobo. A reportagem alargada, transmitida a 7 de Julho na Edição da Manhã, na TSF, incluiu a leitura de excertos do livro pela voz magnífica de Fernando Alves.

Ouça aqui a reportagem.

Programa Cão de Gado no Sociedade Civil
05 Junho 2010

 
© Joaquim Pedro Ferreira

A Dr.ª Silvia Ribeiro, co-responsável pela coordenação do Programa Cão de Gado do Grupo Lobo há já vários anos, foi entrevistada para o programa da RTP 2, Sociedade Civil, com emissão no dia 5 de Julho. A entrevista centrou-se na sua profissão como bióloga, uma profissão em que as mulheres parecem estar em maioria no nosso país, ao contrário do que acontece noutras profissões e no estrangeiro, e ainda nas diversas actividades que desenvolve no âmbito do referido Programa, que visa contribuir para a conservação do lobo Ibérico. Foi ainda apresentado o livro Cães de Gado (Editorial Bizâncio), do qual é co-autora, e que traduz o trabalho que a investigadora do Grupo Lobo desenvolve desde 1996.

Reveja em: http://tv.rtp.pt/multimedia/progVideo.php?tvprog=23283&idpod=41775

Lançamento do Livro Cães de Gado
30 Junho / 07 Julho 2010


© Joaquim Pedro Ferreira

O livro Cães de Gado dá a conhecer os cães de gado, cães especiais, seleccionados há milhares de anos para permitir uma melhor coexistência com os predadores. O livro tem início com a origem destes cães, introduz depois as raças nacionais, fala sobre o seu comportamento, aspectos funcionais e eficácia, o seu papel no mundo pastoril e a sua importância nas acções de conservação dos predadores, terminando com a apresentação do Programa Cão de Gado e dos seus principais resultados na conservação do lobo Ibérico em Portugal. Os textos, da autoria de Paulo Caetano (Jornalista) e de Silvia Ribeiro (bióloga do Grupo Lobo), conciliam a reportagem com uma abordagem mais científica, e estão ilustrados por fotografias de Joaquim Pedro Ferreira.

O lançamento do livro foi efectuado em diferentes regiões do país, por forma a facilitar a presença dos criadores de gado e canicultores interessados. Na primeira apresentação, realizada a 30 de Junho, na Faculdade de Ciências de Lisboa, estiveram presentes os autores, o Presidente do Grupo Lobo, o editor e vários canicultores de raças de cães de gado, entre outros interessados. Na segunda, realizada no dia 7 de Julho, na Biblioteca de Vila Pouca de Aguiar, estiveram presentes, para além dos autores e do Presidente do Grupo Lobo, o vereador do Ambiente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar, alguns canicultores e proprietários de exemplares das raças nacionais de cães de gado e vários criadores de gado da região, participantes no Programa Cão de Gado.

A edição deste livro pela Editorial Bizâncio, apoiada pela ENEOP 2, pretende divulgar o Programa Cão de Gado que o Grupo Lobo desenvolve desde 1996, como uma medida prática e bem sucedida de conservação do lobo ibérico em Portugal, inserindo-se ainda na celebração dos 25 anos desta Organização Não-Governamental de Ambiente, criada em 1985.

Veja a fotogaleria em: http://lobo.fc.ul.pt/caodegado/galeria/index.html

Programa Cão de Gado e Conservação do Lobo em foco na RTPN
22 Maio 2010

A conservação do lobo e as acções desenvolvidas pelo Grupo Lobo, com ênfase para o Programa Cão de Gado, foram o tema de conversa do programa 4xCiência, transmitido no dia 22 de Maio, na RTPN. A convite da cientista residente, Prof.ª Cecília Arraiano, o Presidente do Grupo Lobo, Prof. Francisco Fonseca esteve presente para falar sobre o lobo, as ameaças à sua conservação e as acções que têm vindo a ser desenvolvidas, como o fomento da utilização de cães de gado de raças autóctones, que permitem diminuir os prejuízos e os conflitos das comunidades rurais com o lobo. A entrevista foi complementada com uma breve reportagem sobre um casal de cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro, o “Naice” e a “Lassie”, recentemente integrados pelo Grupo Lobo num rebanho na região de Montalegre, e que têm demonstrado um talento natural para acompanhar e proteger o gado.

Pode rever em: http://tv1.rtp.pt/multimedia/progVideo.php?tvprog=17203&idpod=39858

Comemoração do dia Dia B em terras de lobos e de cães de gado
22 Maio 2010

A comemoração do Dia B - Dia Internacional da Biodiversidade, ganha particular importância em 2010, declarado pelas Nações Unidas como Ano Internacional da Biodiversidade. Um dos principais desafios que se coloca à conservação da biodiversidade é o risco de extinção que pesa sobre muitos dos grandes predadores, como é o caso do lobo Ibérico, ameaçado de extinção no nosso País. Mas a biodiversidade também inclui a diversidade das nossas raças de animais domésticos, como sejam as cabras, as ovelhas ou os cães, que existem nos ecossistemas rurais de montanha. Um passeio pela Serra do Alvão é o pretexto ideal para se observar toda a diversidade animal e vegetal aí existente, onde coexistem rebanhos de cabras bravias, guardadas por vigilantes cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro que as protegem dos ataques dos lobos. O Programa Cão de Gado do Grupo Lobo, foi um dos pontos altos do passeio, tendo os participantes observado alguns dos cães integrados e falado com os pastores sobre os lobos que ainda se observam na região. Este passeio organizado pela Montes de Encanto envolveu cerca de 20 pessoas que, com a ajuda de especialistas, se empenharam em identificar e registar todas as espécies de aves, insectos ou mamíferos que observaram durante o percurso. Os dados foram depois integrados na base de dados do sítio da Internet do projecto Biodiversidade para Todos.

Programa Cão de Gado premiado pelo BES
01 Maio 2010

No ano em que a Conservação da Biodiversidade está em foco e em que o Grupo Lobo comemora os seus 25 anos de existência, vemos o nosso trabalho reconhecido com a atribuição do Prémio BES Biodiversidade, com o projecto Conservar o Lobo em Portugal: da Teoria à Prática.
Este projecto distingue o trabalho do Grupo Lobo, desde a sua criação em 1985, em prol da conservação do lobo Ibérico em Portugal. Pretende apoiar algumas medidas práticas de conservação do lobo com particular destaque para o Programa dos Cães de Gado, que tem tido bastante sucesso junto dos criadores de gado. Outras medidas apoiadas são o desenvolvimento de um Pacote Pedagógico sobre o lobo a ser disponibilizado às escolas e ainda a continuação das acções de monitorização do lobo na região Centro do País, onde a população lupina se encontra particularmente ameaçada.

Passeio de Ecoturismo na Serra do Alvão dá a conhecer os Cães de Gado
17 Abril 2010

Como vem sendo hábito, o Grupo Lobo associou-se ao Clube do Cão de Castro Laboreiro na organização de mais um passeio na Serra do Alvão, dedicado à observação de cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro. Este passeio, que teve lugar a 17 de Abril, foi desenvolvido pela empresa Natuga, e permitiu aos participantes contactar com o mundo rural, nomeadamente com o trabalho diário dos pastores, no maneio e protecção das cabras da raça Bravia que constituem a maioria dos rebanhos da região, bem como com a utilização dos cães de gado, com destaque para o apoio fornecido pelo Grupo Lobo no âmbito do seu Programa Cão de Gado. Foi uma oportunidade para conhecer melhor umas das áreas protegidas mais bonitas do nosso País, o Parque Natural do Alvão, onde a natureza e a ruralidade se conjugam, dando origem a paisagens de grande beleza. Ao almoço houve oportunidade para degustar uma grande variedade de produtos da gastronomia local, numa tasca de aldeia na montanha. Durante a visita ao Fojo do lobo, na Samardã, antiga armadilha monumental em pedra que nos relembra a perseguição sem tréguas a que o lobo esteve sujeito, houve ainda tempo para reflectir sobre a importância da conservação do lobo, predador ameaçado que ainda sobrevive nestas serranias.

Cães de Gado em destaque na rádio
22 Fevereiro 2010

O Pastor, a Leoa e o Tigre, três exemplares da raça Cão de Castro Laboreiro e o seu dono, um dos pastores participantes no Programa Cão de Gado, foram alguns dos protagonistas de uma reportagem radiofónica, emitida a 22 de Fevereiro, na Edição da Noite da Rádio Renascença.
Esta reportagem, da autoria do jornalista Ricardo Conceição, focou o Programa Cão de Gado que o Grupo Lobo tem vindo a desenvolver em prol da conservação do lobo Ibérico, para além de outras duas iniciativas de conservação de espécies e raças também ameaçadas em Portugal, como o lince Ibérico e o burro Mirandês.

Pode ouvir a reportagem: http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=92&did=92683

Programa Cão de Gado em destaque num artigo sobre o Cão de Castro Laboreiro
1 Fevereiro 2010

O Programa de integração de cães de gado e a conservação do lobo mereceram destaque num extenso artigo sobre o Cão de Castro Laboreiro, publicado na edição de Fevereiro da revista de canicultura “Cães & Companhia”. Neste artigo, da autoria do Clube do Cão de Castro Laboreiro, parceiro do Grupo Lobo, foram apresentados os principais resultados referentes aos exemplares Cão de Castro Laboreiro integrados pela equipa técnica do Grupo Lobo, em rebanhos e manadas na região Norte do País, com especial relevo para a avaliação do seu desempenho e para a sua eficiência na protecção dos animais domésticos.
Aconselhamos vivamente a leitura deste artigo abrangente, que foca diversos aspectos sobre o Cão de Castro Laboreiro, desde a sua origem, características, evolução e distribuição, com referência aos principais resultados de estudos de morfometria e genética sobre a raça, também realizados pela equipa do Grupo Lobo, para além de estar ilustrado com belas fotografias de alguns dos nossos cães.

2009

Participação na Especializada do Cão de Castro Laboreiro em Arcos de Valdevez
3 Outubro 2009

 

A importância da divulgação do Cão de Castro Laboreiro e a estreita colaboração mantida com o Clube do Cão de Castro Laboreiro, foram os motivos que moveram mais uma participação do Grupo Lobo com exemplares desta raça na 1ª Exposição Canina Especializada do Cão de Castro Laboreiro. Esta Exposição, que decorreu em simultâneo com a 2ª exposição Canina Nacional de Arcos de Valdevez, teve lugar a 3 de Outubro e foi organizada pelo Clube do Cão de Castro Laboreiro com o apoio da Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima (ARDAL) e da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Devido a problemas de saúde, infelizmente mais comuns em cães de gado que, em virtude da sua função, estão sujeitos aos mais variados riscos, apenas foi possível a participação de 4 dos 6 exemplares inscritos, integrados pelo Grupo Lobo em rebanhos de cabras e/ou ovelhas nas Serras do Alvão e do Barroso. 

A Fenisca (Bracara) ficou em 3º lugar na classe de Cachorro, com a classificação de Bom, em virtude de se recusar a movimentar-se, pois tratou-se da sua estreia nestes eventos. O Leão (CoimbroGLII) (na foto) ficou em 1º lugar na classe Intermédia, obtendo a classificação de Excelente e o C.A.C., tendo sido considerado o 2º melhor macho. A Pitucha (IberiaGL) e a Pomba (PadrelaGL) ficaram classificadas em 3º e 4º lugares, respectivamente, na classe Aberta, obtendo a classificação de Excelente.

Esteve ainda patente uma Exposição Itinerante do Grupo Lobo, com diversos painéis focando a bio-ecologia do lobo Ibérico e a problemática da sua conservação, bem como a utilização dos cães de gado e os cuidados a ter na sua educação e manutenção.

Participação na 2ª Exposição Canina Nacional de Arcos de Valdevez
3 Outubro 2009 

Respondendo a um convite dos organizadores, o Grupo Lobo esteve mais uma vez presente na Exposição Canina Nacional de Arcos de Valdevez, cuja 2ª edição teve lugar a 3 de Outubro na bonita vila do Alto Minho, Arcos de Valdevez. Este evento, organizado pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e pela Associação Regional de Desenvolvimento do Alto Lima (ARDAL).

Em virtude de 2 machos dos 6 exemplares inscritos da raça Cão de Castro Laboreiro estarem a recuperar de problemas de saúde, apenas foi possível a participação de 4 exemplares de cães de gado, estes oriundos das Serras do Alvão, onde foram inseridos pelo Grupo Lobo em rebanhos de cabras e/ou ovelhas.

A Fenisca (Bracara), uma estreante nestes eventos, ficou em 3º lugar na classe de Cachorro, com a classificação de Bom. O Leão (CoimbroGLII) ficou em 1º lugar na classe Intermédia, obtendo a classificação de Excelente e a R.C.A.C.. A Pomba (PadrelaGL) ficou classificada em 4º lugar na classe Aberta, obtendo a classificação de Muito Bom, enquanto que a Pitucha (IberiaGL) (na foto) ficou em 1º lugar na mesma classe, tendo recebido o C.A.C. e sido considerada o melhor exemplar da raça num total de 20 inscritos na Exposição. A Pitucha participou ainda com bastante êxito nas finais da Exposição Nacional, tendo sido considerada um dos 8 melhores exemplares na Final do Grupo 2 e obtido um prestigiante 2º lugar na Final das Raças Portuguesas.

Os resultados obtidos nesta participação vieram confirmar a qualidade morfológica dos exemplares Cão de Castro Laboreiro inseridos pelo Grupo Lobo nos rebanhos, no âmbito do seu projecto de promoção da utilização de cães de gado para diminuir o impacto predatório do lobo, sendo mais uma oportunidade para os dar a conhecer aos canicultores e ao público em geral.

Esteve também patente a Exposição Itinerante do Grupo Lobo, com painéis alusivos ao lobo Ibérico e à importância da sua conservação, bem como à utilização dos cães de gado e aos cuidados a ter para uma correcta educação e manutenção destes cães.

Cães de Gado são motivo de interesse nos Dias Verdes
30 Maio 2009

 

No âmbito dos Dias Verdes, uma iniciativa Europeia que pretende dar a conhecer os valores naturais, sensibilizando para a importância da sua conservação, foi realizado um percurso pedestre intitulado “Por Terras de Lobos”, que decorreu no dia 30 de Maio na Serra do Alvão e que focou a necessidade de conservação do lobo ibérico e do seu habitat.

A saída de um rebanho de cabras para o seu percurso diário de pastoreio deu início à caminhada, permitindo aos participantes falar com os pastores e observar um casal de cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro, aí inseridos pelo Grupo Lobo para diminuir os conflitos das comunidades rurais com a conservação do lobo, enquanto acompanhavam o rebanho até ao cimo da serra.

Durante o passeio foram percorridos diversos pontos de interesse cultural e natural, tendo sido observados indícios da presença do lobo e outras espécies animais. O percurso terminou, no final do dia, junto ao Fojo do Lobo da Samardã (antiga armadilha de pedra utilizada para capturar o predador), onde teve lugar uma sessão narrativa sobre a dimensão mítica do lobo na tradição oral portuguesa, com a colaboração do escritor e investigador Alexandre Parafita.

Esta actividade, organizada pelo Grupo Lobo e pelo Núcleo de Estudos e Protecção do Ambiente (NEPA), em colaboração com a Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e o Parque Natural do Alvão, foi mais uma vez desenvolvida pela empresa Montes de Encanto.

Grupo Lobo já integrou, acompanhou e avaliou mais de 200 cães de gado
15 Maio 2009

 

O trabalho continuado desenvolvido pelo Grupo Lobo no âmbito da sua linha de actuação de conservação aplicada, que é o projecto dos cães de gado, tem permitido manter ininterruptamente, desde o seu início em 1996, o apoio aos criadores de gado envolvidos, em diversas regiões do Norte e Centro do País.

Este apoio consiste em indicações técnicas sobre a educação, a selecção, a reprodução e a manutenção dos cães, tendo em particular atenção as questões relacionadas com o seu bem-estar e eficiência, bem como o indispensável apoio ao nível veterinário e alimentar, nomeadamente nos primeiros meses/anos de vida dos cães, período em que os riscos a que estão sujeitos são mais elevados.

À medida que o projecto se vai expandindo e que a qualidade dos cães integrados vai sendo conhecida, vai aumentando o número de pedidos de cães pelos criadores de gado, tendo sido já ultrapassado o total de 200 cães de gado integrados em rebanhos de cabras e/ou ovelhas e manadas de vacas. Actualmente a área de intervenção da equipa do projecto compreende cerca de 30 concelhos nos Distritos de Bragança, Braga, Vila Real, Aveiro, Viseu, Guarda e Castelo Branco, no interior ou nos limites da área distribuição do lobo Ibérico.

No entanto, a sua actuação não se limita à entrega dos cachorros, mas implica também o seu acompanhamento regular, com a indispensável avaliação da sua eficiência quando atingem a idade adulta. Com efeito, só assim se pode assegurar que os cachorros entregues atingirão a idade adulta e serão eficientes na protecção dos rebanhos, permitindo maximizar todo o esforço dispendido e atingir os objectivos definidos. 

Passeio de Ecoturismo na Serra do Alvão mostra os Cães de Gado na sua função
28-29 Março 2009

 

No âmbito do seu programa de Ecoturismo, e em colaboração com o Clube do Cão de Castro Laboreiro, o Grupo Lobo organizou, no fim-de-semana de 28-29 de Março, um percurso pedestre intitulado “Cães, Pastores e Lobos” para observar cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro na sua função primordial – a de protecção dos rebanhos contra os predadores.

Neste passeio, desenvolvido pela empresa de animação turística Montes de Encanto, os participantes (canicultores e outros) tiveram a oportunidade de conhecer a beleza das paisagens de montanha da Serra do Alvão (Distrito de Vila Real) e a biodiversidade inerente ao mundo rural, onde coexistem raças autóctones de gado e de cães com espécies silvestres emblemáticas, como é o caso do lobo ibérico.

Nas aldeias visitadas e nas caminhadas realizadas foi possível encontrar indícios da presença de lobo, contactar com os pastores e o seu dia-a-dia, acompanhar os rebanhos na serra, e apreciar a riqueza da gastronomia local, quer em piqueniques no monte quer em restaurantes típicos, o que sem dúvida contribuiu para aumentar a satisfação dos participantes, que demonstraram desde logo interesse em participar em passeios futuros.

Os Cães de Gado também vão à escola!
23 Março 2009

 

A pedido da Escola Primária de Alvarenga, após sugestão de um dos criadores de gado participantes no projecto dos cães de gado do Grupo Lobo, foram organizadas duas palestras sobre o Lobo Ibérico e os cães de gado para os cerca de 80 alunos daquela escola, com idades compreendidas entre os 6 e os 9 anos.

No final das palestras surgiu um convidado surpresa, o Nique, um cachorro de 8 meses, da raça Cão da Serra da Estrela de pêlo curto, que com a sua simpatia natural conseguiu conquistar todos os presentes. 

Participação na 3ª Exposição Canina Nacional do Fundão
22 Março 2009

 

Correspondendo a mais uma solicitação dos organizadores, o Grupo Lobo esteve novamente presente na Exposição Canina Nacional do Fundão, cuja 3ª edição teve lugar a 22 de Março na cidade do Fundão, organizada pela Câmara Municipal do Fundão. Apenas foi possível a participação de 2 cães de gado inseridos em rebanhos de cabras nas Serras do Alvão e de Montemuro, em virtude de outros exemplares, inicialmente inscritos, estarem a recuperar de ferimentos.

Participaram nesta Exposição Canina o Leão (CoimbróGLII), um Cão de Castro Laboreiro, e o Nique (DraveGLII) (na foto), um Cão da Serra da Estrela de pêlo curto. O Leão ficou em 1º lugar na classe Juvenil, obtendo a classificação de Muito Bom, e o Nique, que ficou igualmente em primeiro lugar na classe Cachorros, obteve a classificação de Bom.

Foi mais uma oportunidade para dar a conhecer aos canicultores, e ao público em geral, os exemplares inseridos pelo Grupo Lobo no âmbito do seu projecto de promoção da utilização de cães de gado de raças nacionais para diminuir o impacto predatório do lobo sobre os animais domésticos, acção que contribui igualmente para a recuperação das referidas raças caninas nacionais, também elas ameaçadas.

2008

Participação na Especial do Cão de Castro Laboreiro em Arcos de Valdevez
5 Outubro 2008

 

Foi com grande satisfação que o Grupo Lobo recebeu o convite do Clube do Cão de Castro Laboreiro para estar presente na 1ª edição da Exposição Canina Especial do Cão de Castro Laboreiro de Arcos de Valdevez, que decorreu a 5 de Outubro no âmbito da I Exposição Canina Nacional daquela vila, organizada pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez e pela ARDAL (Associação de Desenvolvimento Regional do Alto Lima).

Devido a constrangimentos logísticos, apenas foi possível a participação de 3 dos 5 cães de gado inicialmente inscritos, estes provenientes de rebanhos de cabras das Serras do Alvão e do Barroso, onde foram inseridos pelo Grupo Lobo. A Linda (SamardãGL) ficou em 1º lugar na classe Júnior, com a classificação de Bom, em virtude de claudicar de uma das patas. O Leão (Aquiles) ficou em 2º lugar na classe Intermédia, com a classificação de Excelente, enquanto o Max (Adónis das Pedras do Caio) (na foto), obteve a classificação de Excelente, tendo sido considerado o melhor exemplar da raça presente na Exposição e um dos 6 melhores presentes no Grupo 2 nas finais da Exposição Nacional.  

Terminou com grande sucesso o Projecto LIFE-COEX apoiado pelo Programa Europeu LIFE-Natureza
30 Setembro 2008

 

Ao fim de 4 anos de extenso trabalho termina com grande sucesso o Projecto LIFE-COEX: Melhorar a coexistência dos grandes carnívoros com as actividades agrícolas nos Países do Sul da Europa, cuja coordenação nacional esteve a cargo do Grupo Lobo. Este projecto, que envolveu investigadores e técnicos de 19 instituições de 6 países Europeus (Portugal, Espanha, França, Itália, Croácia e Grécia), teve a duração de 4 anos e pretendeu desenvolver as necessárias condições sócio-económicas e legislativas para uma conservação efectiva dos grandes carnívoros (lobo e urso) nas áreas de intervenção do projecto, mediante a minimização das situações de conflito que afectam a sua conservação, utilizando uma abordagem participativa envolvendo os diferentes grupos de interesse. Este objectivo principal apenas pode ser atingido através da melhoria das condições de coexistência entre os grandes carnívoros e as comunidades humanas.

Em Portugal foram desenvolvidas 22 acções diferentes, desde a monitorização da população lupina, a avaliação da situação dos cães vadios e a elaboração de um plano para a sua gestão, o desenvolvimento de estudos sobre as atitudes públicas para com o lobo e de um programa de ecoturismo, a produção de materiais de divulgação e pedagógicos sobre os carnívoros e os métodos de protecção dos animais domésticos a utilizar em campanhas de sensibilização, a organização de simpósios e reuniões internacionais, à implementação de métodos de protecção, nomeadamente as vedações eléctricas e os cães de gado.

Todas as acções foram desenvolvidas com grande sucesso, tendo-se tirado o máximo partido de todos os fundos e meios disponíveis, em muitos casos ultrapassando os resultados previstos.

 

Em consequência do grande sucesso dos cães de gado, em virtude do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Grupo Lobo desde 1996, verificou-se um elevado número de solicitações de cães pelos criadores de gado, o que se traduziu na entrega de mais de 90 cães, mais 30 que os originalmente propostos. Apesar de uma taxa de mortalidade na ordem dos 15%, os resultados finais da avaliação de 57 cães adultos foram muito positivos, com mais de 90% dos cães sendo considerados Bons-Excelentes em termos comportamentais e de eficiência global, resultando na redução dos prejuízos em 74% dos rebanhos (que corresponde a um redução de 27% no número total de animais atacados). Cerca de 96% dos criadores de gado referiram estar Satisfeitos-Muito Satisfeitos com os seus cães de gado o que demonstra uma excelente aceitação do Projecto e da medida.

 

 

Para conhecer os resultados das principais acções desenvolvidas no Projecto LIFE-COEX nos diversos países consulte o Relatório de Divulgação Pública do Projecto. Para saber mais sobre o projecto e sobre os resultados especificos de cada uma das acções, consulte a secção de Downloads da página da internet do Projecto LIFE-COEX (www.life-coex.net) onde poderá ter acesso a todos os relatórios realizados e ainda a todos os materiais editados no decorrer do mesmo.

EAZA apoia Projecto dos Cães de Gado através da sua Campanha SOS Carnívoros
17 Setembro 2008

 

A linha de acção do Grupo Lobo de apoio à promoção da utilização dos cães de gado conta, até ao fim de 2009, com o apoio da EAZA (Associação Europeia de Zoos e Aquários). Este projecto específico, designado O Lobo e o Homem: Parceiros na Sobrevivência, é desenvolvido em colaboração com a Faculdade de Ciências de Lisboa e o Clube do Cão de Castro Laboreiro. Pretende prosseguir e expandir as acções em curso de promoção da utilização de raças nacionais de cães de gado, assegurando uma melhor protecção dos rebanhos e contribuindo para a redução dos conflitos existentes entre as comunidades rurais e o lobo e para uma coexistência mais pacífica.

A EAZA é uma associação europeia que reúne Jardins Zoológicos e Aquários promovendo a cooperação e apoiando em todos os aspectos que dizem respeito ao desenvolvimento e à gestão de projectos de reprodução em cativeiro de espécies animais ameaçadas na natureza. Para além disso, desde o ano 2000 que a EAZA promove anualmente campanhas de angariação de fundos para apoiar directamente os esforços de conservação da biodiversidade na Europa, desenvolvidos por diversas organizações não-governamentais.

 

 

A campanha de 2008/09 designa-se SOS Carnívoros e pretende sensibilizar para a necessidade de conservação da Natureza, em geral, e dos carnívoros Europeus, em particular, nomeadamente o lobo Ibérico em Portugal. Esta campanha é desenvolvida a nível Europeu pelos mais de 320 parceiros e associados da EAZA, de cerca de 35 países, como é o caso do Jardim Zoológico de Lisboa, que participa na sua divulgação, tendo inclusive criado uma mascote - o Lobito.

Participação na 19ª Monográfica do Cão de Castro Laboreiro
22 Junho 2008

 

À semelhança do ano anterior, o Grupo Lobo não quis deixar de estar presente na 19ª Exposição Monográfica do Cão de Castro Laboreiro, que decorreu em Almeirim a 22 de Junho, mais uma vez organizada pelo Clube do Cão de Castro Laboreiro. Para além de uma exposição com vários painéis sobre o Lobo Ibérico, participaram na Exposição Canina 5 cães de gado, juniores e adultos, integrados em rebanhos de cabras ou manadas de vacas pelo Grupo Lobo, nas Serras do Alvão, da Falperra e do Barroso.

Pouco habituados a estas andanças, os cães de gado mostraram-se pouco à vontade, depois de uma viagem muito prolongada. O Tobias (RomaínhoGL) obteve a classificação de Muito Bom na classe Júnior, tendo ficado em 2º lugar; na classe Intermédia, o Leão (Aquiles) (na foto) ficou em 1º, obtendo a classificação de Muito Bom; e na classe Aberta, o Nero (Kroll do Casal da Roliça) obteve a classificação de Muito Bom. A Linda (SamardãGL) obteve a classificação de Muito Bom na classe de Juniores, tendo ficado em 3º lugar, enquanto que a Pitucha (IberiaGL), que concorreu na classe Aberta, obteve a classificação de Excelente. De destacar que o melhor exemplar da Monográfica, ErmeloGL, é descendente de cães de gado integrados pelo Grupo Lobo.

Durante o jantar de convívio que se seguiu, em que esteve presente o Presidente do Grupo Lobo, os participantes tiveram oportunidade de observar fotografias de alguns dos melhores momentos da Exposição, tiradas pela fotógrafa Erika Almeida, enquanto saboreavam alguns pratos da gastronomia típica da região.

Simpósio em Espanha promove a utilização dos métodos de protecção dos animais domésticos como forma de reduzir os conflitos com o lobo
28-29 Fevereiro 2008

Realizou-se em Segóvia (Espanha), nos dias 28 e 29 de Fevereiro, mais um simpósio no âmbito do Projecto LIFE COEX, desta feita organizado pela Fundación Oso Pardo, parceiro espanhol no referido projecto, em que o Grupo Lobo também participa. Este simpósio intitulado Convivendo com o Lobo: Prevenção de Prejuízos na Europa Meridional, focou a utilização e a eficácia dos métodos de prevenção de prejuízos em diferentes comunidade autónomas de Espanha, tendo sido um excelente espaço para apresentação e discussão de ideias entre investigadores, técnicos e criadores de gado. O Grupo Lobo foi convidado a apresentar os resultados do seu projecto de fomento da utilização de cães de gado, que tem vindo a desenvolver desde 1996 com bastante sucesso. Este simpósio contribuiu de forma positiva para fazer um ponto da situação actual em Espanha e promover a utilização dos métodos de prevenção dos prejuízos como uma forma eficaz de reduzir a conflituosidade resultante da presença do lobo. Das conclusões do simpósio destaca-se a necessidade de se estudarem soluções para situações específicas, nomeadamente nas zonas de montanha, onde o actual sistema de pastoreio do gado em regime livre, sem supervisão humana, dificulta a utilização de métodos de prevenção. 

2007

Cães de Castro Laboreiro participam na comemoração do 20º aniversário do Centro de Recuperação do Lobo Ibérico
30 Junho 2007

Na comemoração dos 20 anos da criação do Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, que teve lugar no passado dia 30 de Junho, estiveram presentes vários convidados que tiveram oportunidade de passar uma tarde diferente, falando de … lobos.
O Lord, um bonito e simpático macho da raça Cão de Castro Laboreiro, foi um dos convidados, tendo sido acompanhado pelo seu dono, o Sr. António Antunes. A presença do Lord pretendeu homenagear esta raça canina nacional, ainda pouco conhecida, que tem demonstrado o seu valor na protecção dos rebanhos dos ataques dos predadores.
O Cão de Castro Laboreiro é uma das raças de cães que o Grupo Lobo tem integrado em rebanhos, no âmbito do seu projecto que visa contribuir para recuperar a utilização dos cães de gado como forma de diminuir os prejuízos económicos resultantes da predação do lobo sobre os animais domésticos. Desta forma pretende-se diminuir os conflitos entre os criadores de gado e o predador, contribuindo para a sua conservação.  

Participação na 18ª Monográfica do Cão de Castro Laboreiro
31 Março 2007

Na 18ª Monográfica do Cão de Castro Laboreiro, que teve lugar a 31 de Março no Parque de Lazer de Cerva (Freguesia de Ribeira de Pena), participaram 7 cães de gado (4 machos e 3 fêmeas), integrados pelo Grupo Lobo em rebanhos de cabras Bravia e Serrana nas serras do Alvão, da Padrela e da Falperra.
A participação foi bastante positiva, tendo os cães de gado conseguido muito boas classificações num total de 25 exemplares inscritos. O Nero (Kroll do Casal da Roliça) e o Leão (DaireGL) obtiveram a classificação de Excelente, tendo ficado, respectivamente em 2º e 3º lugar na classe Aberta, enquanto o Piloto (FriõesGL) (que concorreu na mesma classe, apesar de ter apenas 17 meses), obteve a classificação de Muito Bom. Um outro macho, mais jovem, também de nome Leão (Abidjan), que concorreu na classe Intermédia, ficou em 2º lugar na classificação geral, tendo obtido a Reserva do C.A.C. (Certificado de Aptidão a Campeão).
No que diz respeito às fêmeas, a Lassie (Alva) obteve a classificação de Excelente, tendo ficado em 3º lugar na classe Aberta, enquanto a Moura (DornaGL) apenas obteve a classificação de Muito Bom. A Pitucha (IberiaGL), que concorreu na classe Juniores, obteve a classificação de Excelente, tendo sido considerada a melhor fêmea da Exposição.
Depois da exposição, os participantes foram convidados a deslocar-se à Quinta da Torre para ver a Exposição Fotográfica do Cão de Castro Laboreiro e uma exposição de artesanato, enquanto era feita a entrega dos prémios. O encerramento foi feito ao som de um grupo local de concertinas.

Simpósio em Itália reúne especialistas sobre a resolução dos conflitos entre as actividades agrícolas e os grandes carnívoros
9-10 Março 2007

No âmbito do Projecto LIFE COEX, o Istituto di Ecologia Applicata organizou, de 9 a 10 de Março, em Assis (Itália), um simpósio internacional sobre o tema Grandes Carnívoros e Agricultura: Comparar Experiências em Itália e na Europa.
Estiveram presentes técnicos e investigadores de vários países europeus, para apresentarem os resultados do seu trabalho e discutirem a possibilidade actual de coexistência entre os grandes carnívoros, como o lobo e o urso, ameaçados de extinção em muitos países, e as actividades agrícolas, como a produção pecuária. Foram apresentadas experiências com diferentes métodos de prevenção de prejuízos e de protecção dos animais domésticos com resultados positivos no que diz respeito à conciliação das actividades humanas com a conservação dos grandes predadores.
O Grupo Lobo foi convidado a apresentar os resultados dos últimos 10 anos do seu projecto de recuperação da utilização de cães de gado, como forma bem sucedida de contribuir para a conservação do lobo ibérico em Portugal.

2006

Está concluído o folheto do Projecto LIFE COEX de divulgação da utilização dos cães de gado
14 Dezembro 2006

O folheto intitulado O Cão de Gado: Um Ajudante Eficaz, editado no âmbito do Projecto LIFE COEX, pretende divulgar a correcta utilização dos cães de gado, esclarecendo diversos aspectos considerados relevantes para a educação e maneio destes cães, por forma obter um cão eficiente. Alguns dos temas abordados são o comportamento dos cães de gado, a educação e correcção de problemas comportamentais, cuidados a ter na selecção e integração dos cachorros, as raças de cães de gado ou o número de cães necessários.
O folheto inclui ainda uma secção inicial, informando sobre a indemnização dos prejuízos causados por lobos, com uma lista dos contactos das Áreas Protegidas responsáveis pelas vistorias dos prejuízos, e outra secção final sobre a utilização de vedações eléctricas. O folheto será distribuído pelos criadores de gado que iniciem a utilização de cães de gado, bem como junto daqueles potencialmente interessados na sua utilização.

Participação nas Exposições Caninas de Vila Verde e de Braga
18-19 Novembro 2006

O Nero (Kroll do Casal da Roliça) e a Pomba (Pastora do Outeiro da Loba), voltaram a participar em Exposições Caninas: a 1ª Exposição Canina Especializada de Raças Portuguesas de Vila Verde e a 5ª Exposição Canina Nacional de Braga.
A 1ª edição da Exposição de Vila Verde, que decorreu no dia 18 de Novembro, num bonito jardim no centro da vila, foi no entanto bastante molhada, em virtude da forte chuva que se verificou nesse dia. Estiveram inscritos mais 8 exemplares da raça. O Nero obteve a classificação de Excelente, tendo ficado em 2º lugar na classe Aberta. Segundo a juíza, não obteve o 1º lugar porque não se movimentou no ringue, o qual estava coberto por uma película de plástico, textura a que não está habituado. A Pomba obteve a classificação de Excelente, tendo ficado em 1º lugar na classe Aberta. Na 5ª Exposição Canina Nacional de Braga, que decorreu no dia seguinte, 19 de Novembro, no já habitual Pavilhão de Exposições de Braga, estiveram inscritos mais 4 exemplares da raça. O Nero ficou em 2º lugar na classe Aberta com a classificação de Excelente e a Pomba em 1º lugar na classe Aberta com a classificação de Excelente

Grupo Lobo já entregou mais de 100 cães de gado
30 Setembro 2006

Foi no dia 18 de Junho de 2005 que o Grupo Lobo entregou o centésimo cão de gado. Trata-se de uma etapa significativa, pois constitui uma prova do sucesso desta acção que o Grupo Lobo tem vindo a desenvolver desde 1996. Com efeito, a aceitação dos cães de gado, tem sido crescente bem como o número de cães solicitados pelos criadores de gado, resultado da eficácia dos exemplares já colocados e cuja fama é já considerável.
Os cães têm sido maioritariamente integrados em rebanhos de pequenos ruminantes nos Distritos de Vila Real, de Viseu e da Guarda. O apoio prestado aos criadores de gado, ao nível do fornecimento da alimentação e dos cuidados veterinários, até os cães atingirem a maturidade, em muito tem contribuído para diminuir a taxa de mortalidade que, não obstante, se situa actualmente nos 25%. Todos os cães têm sido devidamente acompanhados, através de visitas regulares, e a sua eficiência avaliada.
É de destacar também o contributo dado para a recuperação das raças nacionais de cães de gado, algumas delas em perigo. Com efeito, do total de 126 cães entregues até hoje, 65 pertencem à raça Cão de Castro Laboreiro e 40 à variedade de pêlo curto do Cão da Serra da Estrela. A eficácia considerada Boa-Excelente de 90% dos cães entregues, é reveladora do êxito conseguido o que nos impele a continuar esta acção prática de conservação do lobo.

Participação na 17ª Exposição Monográfica do Cão de Castro Laboreiro
9 Setembro 2006

Um casal de cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro, o Nero (Kroll do Casal da Roliça) e a Pomba (Pastora do Outeiro da Loba), integrados pelo Grupo Lobo, respectivamente, em rebanhos de cabras e ovelhas, nas regiões de Vila Real e Murça, participaram na 17ª Exposição Monográfica da raça. Nesta Monográfica, que decorreu no belíssimo cenário das muralhas do castelo de Óbidos, no dia 9 de Setembro, estiveram inscritos 36 exemplares da raça. O Nero, obteve a classificação de Muito Bom, tendo ficado em 4º lugar na classe Aberta, em virtude de não se ter mostrado da forma mais conveniente no ringue. A Pomba, obteve igualmente a classificação de Muito Bom, tendo ficado em 4º lugar na classe Aberta.
Foi ainda possível visitar a Exposição Fotográfica do Cão de Castro Laboreiro, patente no Centro Cultural de Óbidos.

O veneno constitui um sério perigo para os cães de gado
16 Outubro 206

Nos dois últimos anos foram 6 os cães de gado integrados pelo Grupo Lobo que morreram vítimas de envenenamento. Este número é bastante elevado, quando comparado com o total de 8 animais mortos pela mesma causa desde o início deste projecto do Grupo Lobo. De facto, actualmente o envenenamento constitui 27% da mortalidade global registada. Poderá isto significar um aumento da utilização ilegal de veneno ou será apenas o resultado do maior número de cães integrados? O que é um facto é que se verificou a morte de cães, em anos diferentes, nas mesmas localidades e regiões, significando que aí o uso de veneno parece ser uma prática comum.
O uso ilegal de iscos envenenados tem consequências sérias para as espécies silvestres e domésticas, bem como para a Saúde Pública. Um dos maiores problemas da utilização de venenos é o facto de ser um método não selectivo, isto é, provoca a morte a muitos outros animais para além daqueles a que se destinam. Assim, os cães de gado são muitas vezes vítimas acidentais desta utilização a qual provoca grandes prejuízos aos criadores de gado. Com efeito, os cães de gado de qualidade demoram pelo menos 1-2 anos até atingirem a maturidade e a começarem a ser úteis, o que implica um investimento de esforço e dinheiro. A facilidade com que os tóxicos ainda podem ser adquiridos e aplicados e a falta de controlo sobre a sua comercialização e utilização, são factores que contribuem para esta situação e que é preciso combater.
O Programa Antídoto Portugal, é uma iniciativa conjunta de várias organizações estatais e não governamentais, entre as quais o Grupo Lobo, criada com o objectivo de combater o uso ilegal de venenos. É a única organização existente que procura conhecer a dimensão do problema e as suas consequências, e desenvolve acções de sensibilização e de formação, promovendo a denúncia de casos de envenenamento e a recolha dos animais envenenados, acompanhando os processos até ao tribunal, no sentido de obter a condenação dos responsáveis, servindo como exemplo e desmotivando a utilização ilegal dos venenos.

Realização do 1º Encontro de Cães de Gado da Raça Cão de Castro Laboreiro
13 Agosto 2006

Teve lugar na aldeia de Alvadia (Sede de Freguesia do Concelho de Ribeira de Pena) o 1º Encontro de Cães de Gado da Raça Cão de Castro Laboreiro. Organização conjunta entre o Grupo Lobo e o Clube do Cão de Castro Laboreiro, este 1º Encontro teve por objectivo divulgar a utilização dos cães de gado, promover o contacto entre os diferentes proprietários de cães de gado da raça Cão de Castro Laboreiro, dar a conhecer os exemplares existentes e esclarecer sobre as características de um bom cão de gado desta raça.
Foram convidados todos os criadores de gado integrados em projectos desenvolvidos pelo Grupo Lobo e que possuem Cães de Castro Laboreiro. Foi efectuada uma breve avaliação dos 12 cães participantes de acordo com a sua qualidade morfológica (de acordo com o estalão da raça), a sua condição física e o desempenho na protecção do rebanho. As avaliações foram comentadas em voz alta para o público presente. Depois do encontro os participantes foram convidados a visitar uma Exposição Fotográfica do Cão de Castro Laboreiro, ilustrando a sua função como cão de gado.
Os 6 primeiros classificados receberam uma medalha de bronze do Cão de Castro Laboreiro, edição da Imprensa Nacional Casa da Moeda, oferta do Clube do Cão de Castro Laboreiro. Os participantes receberam ainda um saco de ração Sportmix, oferta da empresa Nobre Cauda. Seguiu-se um jantar de confraternização entre alguns dos participantes. Este 1º Encontro teve um grande sucesso entre os criadores de gado que mostraram bastante desejo em participar num próximo evento.

Cães de Gado são estrelas nas comemorações da Semana Verde Europeia realizadas pelo Grupo Lobo
17 Junho 2006

No âmbito da Semana Verde Europeia, foram realizadas diversas actividades que tiveram como tema principal a utilização dos cães de gado como uma medida eficaz para a diminuição dos prejuízos causados pelo lobo, contribuindo assim para a efectiva conservação deste predador. Uma das acções desenvolvidas no Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, foi a realização de sessões de esclarecimento, destinadas aos visitantes, sócios do Grupo Lobo e pais adoptivos.
As apresentações, pretendiam informar sobre o Projecto LIFE COEX, a complexidade da conservação do lobo e a aplicação de métodos eficazes de prevenção dos prejuízos, tais como a utilização de cães de gado de qualidade e correctamente educados, como uma forma a reduzir o risco de predação pelo lobo e aumentar a tolerância das comunidades rurais. Foi visitada a Exposição Fotográfica do Cão de Castro Laboreiro, tendo no final sido visionado o Documentário sobre o Cão de Castro Laboreiro.
Em algumas das sessões esteve presente um exemplar da raça Cão de Castro Laboreiro, uma cadela cão de gado integrada pelo Grupo Lobo num rebanho de cabras na região de Vila Pouca de Aguiar, com o objectivo de familiarizar as pessoas com este tipo de cães e dar a conhecer esta raça, ainda insuficientemente conhecida. As sessões decorreram nos dias 27 de Maio e 8, 11 e 17 de Junho, tendo envolvido cerca de 35 jovens e 40 adultos.
A Semana Verde pretende alertar os cidadãos europeus para a importância da conservação das espécies e dos habitats existentes na Europa e este ano teve como tema a Biodiversidade.

Exposição Fotográfica do Cão de Castro Laboireiro mostra a raça na sua função original
1 Janeiro 2006

Da iniciativa conjunta do Grupo Lobo e do Clube do Cão de Castro Laboreiro, foi preparada uma Exposição Fotográfica que visa divulgar o Cão de Castro Laboreiro, em particular a sua funcionalidade como cão de gado e a sua relação com os esforços de conservação do lobo ibérico no nosso País. Trata-se de uma exposição colectiva que reúne fotografias gentilmente cedidas por vários fotógrafos, profissionais e amadores, sendo a edição fotográfica da responsabilidade de Pedro Alarcão.
Esta exposição foi inaugurada no dia 14 de Agosto de 2005, no auditório da Porta do Parque Nacional da Peneda-Gerês, em Lamas de Mouro (Concelho de Melgaço), por ocasião da 16ª Exposição Monográfica do Cão de Castro Laboreiro. Posteriormente esteve exposta no Centro de Cultura de Melgaço, e na Escola Superior Agrária de Castelo Branco, por ocasião do II Congresso Luso-Espanhol sobre o Lobo Ibérico em Novembro de 2005.
A exposição está preparada para ser itinerante de forma a poder ser exposta em diversos locais, pelo que poderá ser solicitada junto do Grupo Lobo ou do Clube do Cão de Castro Laboreiro.