Início O cão de gadoManual de criaçãoA conservação do LoboVantagens do Cão de GadoOutros métodos de protecção

Noticias
Eventos
Divulgação
Bibliografia
Os nossos cães
Projectos
Legislação
Colaboradores
Apoios
Ligações
Contactos
Voltar à página do Grupo Lobo

Voltar ao Manual de criação

Quais são as características de um bom cão de gado?

Interacções com o gado

O cão de gado exibe comportamentos sociais para com o gado (comportamentos de submissão e de investigação, lambendo ou cheirando a cabeça ou região anal) e não demonstra comportamentos predatórios. No entanto, alguns cães adultos podem proteger a sua comida ou reagir a comportamentos de agressividade do gado ladrando-lhe ou, menos frequentemente, mordendo-o levemente. Diferentes raças de gado comportam-se de maneira diferente para com os cães e por isso é importante que também o gado esteja habituado à presença do cão para que não seja agressivo ou tenha medo do cão, fugindo dele e dificultando o seu trabalho. A introdução de novos animais no rebanho pode provocar uma reacção de agressividade do cão para com os animais desconhecidos. No entanto, simples repreensões devem ser suficientes para parar o comportamento do cão até que este se habitue aos novos animais.

Protecção do gado

O cão de gado investiga qualquer situação estranha ou intrusos que se aproximem, ladrando para alertar o pastor e confronta e persegue os intrusos para longe do rebanho. A mera presença de cães de gado num rebanho pode ser suficiente para manter os predadores afastados, pelo que os cães podem ser eficientes mesmo sem confrontarem os predadores.

Primeiros encontros com predadores

Um cão pouco experiente pode reagir com insegurança ou mesmo medo no seu primeiro encontro com um predador, mas nos encontros seguintes geralmente irá perseguir os predadores para longe do rebanho. A experiência é necessária para que qualquer cão seja bem sucedido. Alguns cães podem ser menos eficazes a proteger o gado em caso de ataques provocados por outros cães.