Início O cão de gadoManual de criaçãoA conservação do LoboVantagens do Cão de GadoOutros métodos de protecção

Noticias
Eventos
Divulgação
Bibliografia
Os nossos cães
Projectos
Legislação
Colaboradores
Apoios
Ligações
Contactos
Voltar à página do Grupo Lobo

Presença do pastor | Confinamento | Maneio do gado |
Chocalhos e coleiras para o gado | Cordas e bandeiras | Espantalhos | Vedações eléctricas | Sons | Luzes | Burros

Confinamento

Fechar o gado, durante a noite, num estábulo seguro (que não permita a entrada de predadores) é uma forma muito eficaz de o proteger durante o período em que os predadores estão, em geral, mais activos. Também o confinamento num bardo ou numa pastagem vedada de pequena dimensão, pode conferir alguma protecção, pois impede a dispersão dos animais e facilita a acção dos cães de gado ou de outros métodos de protecção.

Estábulo (Vila Pouca de Aguiar, 2003) (Autor: Rui Vasco)


Estábulo (Ribeira de Pena, 2006)


Túnel para gado (Castro Daire, 2005)

Os bardos ou currais, como são designados respectivamente na Beira-Baixa e Trás-os-Montes, são formados por um conjunto de cancelas rectangulares e justapostas, antigamente feitas de madeira e actualmente de metal e rede. Têm cerca de 1-1,5m de altura e 2m de largura, e são facilmente transportáveis e montadas periodicamente em diferentes locais das pastagens. São utilizados geralmente para confinar os rebanhos durante os períodos de repouso (nocturno e/ou diurno) em regiões do País onde as temperaturas de Verão são mais elevadas. Como conferem pouca protecção contra os predadores, à sua utilização estão frequentemente associados vários métodos de protecção, para além dos cães de gado.

Curral em madeira (Miranda do Douro, 2005)

Curral em madeira (Zamora, Espanha, 2005)

Curral em metal e cão de gado (São João da Pesqueira, 2004)

Curral em metal (Mogadouro, 2005)

Curral com detonador a gás, luzes e cão de gado (Zamora, Espanha, 2006) (Autor: Javier Talegón)